Blog

Balanço Patrimonial – Conheça O Coração Da Saúde Financeira De Uma Empresa

O balanço patrimonial pode ser considerado como a principal demonstração financeira existente no mercado.

Este indicador (Balanço Patrimonial) mostra como de fato está o patrimônio de um determinado indivíduo ou empresa, refletindo sua posição financeira em um determinado momento.

Para ficar mais claro, o balanço patrimonial é simplesmente um relatório contábil gerado após o registro de todas as movimentações financeiras realizadas por uma empresa em determinado período. Essa demonstração informa toda a situação patrimonial, ou seja, os bens, direitos e obrigações. Além disso, é possível identificar todos os investimentos e suas fontes de recursos.

Qual a função do balanço patrimonial

balanço patrimonial

função do balanço patrimonial é tornar clara a realidade financeira de um negócio.

Este indicador funciona como uma excelente fonte de informação para o planejamento e a tomada de decisão.

Através dele, podemos observar todos os registros contábeis e com isso, utilizar seus números de certo período para fazer projeções e propor estratégias para definir ações para o seu negócio.

O balanço patrimonial também evidencia tudo o que a empresa possui e tudo o que deve em determinado período.

Além disso, ele pode revelar, por exemplo, que a empresa está mal em um determinado momento.

Com um balanço também é possível:

  • Ter uma posição patrimonial da empresa e conhecer todos os bens, direitos e obrigações
  • Entender as fontes de recursos para os investimentos da empresa
  • Observar a sua evolução histórica para o planejamento e ação futura
  • Permitir e dar lastro ao pagamento de dividendos aos sócios da empresa
  • Permitir o planejamento tributário
  • Fornecer informações úteis para as partes interessadas (stakeholders)

Composição do balanço patrimonial

O balanço patrimonial é constituído pelo:

  • Ativo – Compreende os bens, os direitos e as demais aplicações de recursos controlados pela entidade, capazes de gerar benefícios econômicos futuros, originados de eventos ocorridos.
  • Passivo – Compreende as origens de recursos representados pelas obrigações para com terceiros, resultantes de eventos ocorridos que exigirão ativos para a sua liquidação.
  • Patrimônio Líquido – Compreende os recursos próprios da entidade, e seu valor é a diferença positiva entre o valor do Ativo e o valor do Passivo.

Como elaborar um balanço patrimonial

balanço patrimonial

elaboração de um balanço patrimonial é feita da seguinte forma:

Ao término do exercício, como se faz em todos os meses, procede-se ao levantamento do balancete de verificação, com o objetivo de conhecer os saldos das contas.

No balancete são relacionadas todas as contas utilizadas, quer patrimoniais quer de resultado, demonstrando seus débitos, créditos e saldos.

As contas do balancete, no fim do exercício, sejam patrimoniais ou de resultado, nem sempre representam os valores reais do patrimônio, naquela data, nem as variações patrimoniais do exercício.

Isso porque os registros contábeis não acompanham a dinâmica patrimonial no mesmo ritmo em que ela se desenvolve.

Desta forma, muitos dos componentes patrimoniais aumentam ou diminuem de valor, sem que a contabilidade registre tais variações.

Daí a necessidade de se proceder ao ajuste das contas patrimoniais e de resultado.

Balanço patrimonial – Considerações

Em suma, o balanço patrimonial é um documento obrigatório por lei.

Entretanto, estão dispensadas de elaborar esse relatório as micro empresas individuais – MEI. As microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP) estão no mínimo alcançadas pela ITG 1000 que obriga o balanço patrimonial.

No entanto, para concluir, saiba que um balanço patrimonial bem executado pode beneficiar muito seus negócios e também a sua vida financeira.